terça-feira, 10 de agosto de 2010

Estrutura da cidade espiritual Nosso Lar

(3 de setembro nos cinemas)
Fundação: No século XVI, por portugueses distintos, desencarnados no Brasil.
Localização: Sobre a cidade do Rio de Janeiro.
Governador: a Governadoria está num edifício, "de torres soberanas que se perdem no céu".
Ministérios: 6 (seis), a saber:Ministério da Regeneração, do Auxílio, da Comunicação,do Esclarecimento, da Elevação e da União Divina.
Ministros: cada Ministério é administrado por 12 (doze) Ministros.População: homens e mulheres, jovens e adultos (desencarnados), em número de um milhão, segundo dados fornecidos pelo Autor, em 1943. Construções, dependências e lugares especiais: grande muralha protetora da cidade, com baterias de proteção magnética, conjuntos habitacionais, praça central (que acomoda até um milhão de pessoas), fontes luminosas, jardins, parques arborizados, o Bosque das Águas, o Rio Azul, o Campo da Música, a Câmara de Retificação (para enfermos), etc. (Umbral = região com várias escalas morais, sendo a mais infeliz denominada de "Trevas").
CITAÇÕES ESPECIAIS
"Aérobus": veículo de transporte, de grande comprimento, deslocamento veloz e aéreo.Coral: 2.000 vozes (Hinos: "Sempre Contigo, Senhor Jesus", "A Ti, Senhor, Nossas Vidas").Globo de Cristal: de 2m de altura (utilizado em reuniões mediúnicas com encarnados)“Bônus-Hora”: forma de pagamento por serviços beneméritos prestados — cada hora de trabalho corresponde a um bônus-hora.
PERSONAGENS CITADAS
OBS.: Citaremos a seguir os nomes dos personagens do livro "NOSSO LAR", colocando entre parênteses: (d) = desencarnado; (e) = encarnado, e os respectivos capítulo e página onde são pela primeira vez mencionados.ANDRÉ LUIZ - é o Autor Espiritual. Permaneceu no Umbral por 8 anos. Reporta neste livro como foi recolhido ao "Nosso Lar" (colônia espiritual situada na psicosfera da cidade do Rio de Janeiro), por interferência de sua mãe (desencarnada). Graças à sua abnegação e trabalhos incansáveis de auxílio ao próximo, alguns anos mais tarde conquistou a faculdade da volitação. André Luiz é um exemplo dignificante de auto-reforma e de como a conseqüente evolução espiritual traz intensos e multiplicados momentos felizes para todo aquele que ajuda ao próximo.
CLARÊNCIO (d) - 2/24 - É um dos 12 Ministros do Ministério do Auxílio (foi quem socorreu A. Luiz).
HENRIQUE DE LUNA (d) – 4/32 - Médico espiritual que prestou primeiro atendimento a A. Luiz no “Nosso Lar”.LÍSIAS (d) – 5/36 - Visitador dos serviços de saúde no “Nosso Lar”. É jovem. Auxiliar de Henrique de Luna. Torna-se amigo muito querido de A. Luiz.
GOVERNADOR - Espírito elevadíssimo. Citado em vários capítulos. Não consta seu nome.
LAERTE (d) – 16/91 – Pai de A. Luiz. Está a 12 anos em trevas compactas no Umbral.
MÃE DE ANDRÉ LUIZ - Espírito iluminado, convivendo em esferas iluminadas, acima de "Nosso Lar" (citada várias vezes no livro, mas o nome não foi revelado pelo Autor Espiritual).
CLARA e PRISCILA (d) – 16/92 – Irmãs de A. Luiz. Revoltadas, permanecem no Umbral.
LUÍSA (d) – 16/92 – Irmã de A. Luiz, que desencarnou quando ele era ainda criança. Está preste a reencarnar entre as irmãs e o pai, em gesto de renúncia.
ZÉLIA (e) – 16/93 – Viúva de A. Luiz.
CÉLIO (d) – 16/94 – Ministro em “Nosso Lar”.
LAURA (d) – 17/98 - Mãe de Lísias. Hospeda A. Luiz no seu lar, sendo-lhe amiga maternal.
IOLANDA e JUDITE (d) – 17/98 - Irmãs de Lísias.
POLIDORO e ESTÁCIO (d) – 18/103 - Amigos de Lísias. Auxiliares no Ministério do Esclarecimento e acompanhantes de suas irmãs numa feliz audição musical no “Campo da Música”.
LASCÍNIA (d) – 18/103 - Noiva de Lísias.
ELOÍSA (d) – 19/106 - Neta de Laura, recém-chegada do Umbral. Desencarnou por tuberculose.
ARNALDO (e) – 19/107 - ex-Noivo de Eloísa.
MARIA DA LUZ (e) – 19/108 - Amiga de ELOÍSA que acaba unindo-se a Arnaldo.
COUCEIRO (d) - 19/109 – Assistente em “Nosso Lar”.
TERESA (e) – 19/109 – Mãe de Eloísa. Prestes a desencarnar.
RICARDO (e) – 21/116 – Foi marido de Laura. Há 3 anos voltou a reencarnar.
LONGOBARDO (d) – 21/117 – Assistente em “Nosso Lar”.
RAFAEL (d) – 25/136 – Funcionário no Ministério da Regeneração.
GENÉSIO (d) – 26/141 – Ministro da Regeneração.
TOBIAS (d) 26/144 - Funcionário do Ministério da Regeneração (um dos principais amigos e orientadores de A. Luiz).
FLÁCUS (d) – 27/147 – Ministro em “Nosso Lar”.
RIBEIRO (d) – 27/147 – Enfermo. Internado na "Câmara de Retificação".
GONÇALVES (d) – 27/147 – Assistente em “Nosso Lar”.
LOURENÇO e HERMES (d) – 27/147 – Funcionários do Ministério da Regeneração.
NARCISA (d) – 27/150 – Funcionária do Ministério da Regeneração.
VENÂNCIO e SALÚSTIO (d) – 28/154 – Funcionários do Ministério da Regeneração.
VENERANDA (d) – 28/156 - Ministra mais antiga dos demais em “Nosso Lar”. Só ela e o Governador já viram Jesus. Nada comenta sobre isso.
FRANCISCO (d) – 29/158 – Enfermo. Internado na "Câmara de Retificação".
PÁDUA (d) – 29/160 – Ministro da Comunicação em “Nosso Lar”.
PAULINA (d) – 30/162 - Espírito de “angelical beleza fisionômica”, filha de enfermo internado em "Nosso Lar".
EDELBERTO, AMÁLIA, CACILDA, AGENOR (e) – 30/164 – Irmãos de Paulina, os quatro em contendas pela herança deixada pelo pai.
JUSTINO (d) – 31/169 - Trabalhador humilde em “Nosso Lar”.
IRMÃO PAULO (d) – 31/170 - Orientador dos Vigilantes em “Nosso Lar”.
PADRE AMÂNCIO (e) – 34/187 - Personagem citado por uma enferma, internada desde 1888 na Câmara de Retificação, no Ministério da Regeneração.
ZENÓBIO (d) – 34/189 – Auxiliar no Ministério da Regeneração.
NEMÉSIA (d) – 34/189 – Funcionária do Ministério da Regeneração.
SILVEIRA (d) – 35/190 - Sócio do pai de A. Luiz (quando encarnados) – É samaritano em trabalhos assistenciais em "Nosso Lar".
LUCIANA (e) - 38/207 – Ex-esposa de Tobias.
HILDA (d) – 38/207 – Irmã de Tobias.
ELOÍSA (d) 39/218 – Hospedada na casa de Laura.
ELISA (d) – 40/220 - Internada na Câmara de Retificação (foi "aventura" de A. Luiz, quando encarnada).
HELVÉCIO (d) 41/229 - Trabalhador atento ao socorro (época da 2ª Guerra Mundial)EVERARDO (e) 41/229 - Viúvo de uma residente do "Nosso Lar".
ESPERIDIÃO (d) – 41/230 – Ministro em “Nosso Lar.
BENEVENUTO (d) - 43/238 – Ministro em “Nosso Lar”.
NÍCOLAS (d) – 48/264 - Antigo servidor do Ministério do Auxílio.
Dr. ERNESTO (e) – 49/271 – É o atual marido de Zélia.- À p. 279 há citação de “entidades espirituais”, convocadas de forma ininteligível por Narcisa, as quais atendem-lhe, trazendo substâncias com emanações de eucalipto e mangueira, que são aplicadas em um enfermo encarnado, que se restabelece.
TERMOS POUCO USADOS
Termos - capítulo - página - significado
A título de colaboração, registramos abaixo o significado ou origem de alguns termos pouco usados, que eventualmente aparecem ao longo do texto de “Nosso Lar”:
Tolda - 10 - 59 - (subst.fem.) - cobertura sobre embarcações.
Cibo - 18 - 101 - nutrimento (comida, alimento).
Olente - 32 - 177 - odorante, perfumado.
Palanquim - 32 - 177 - rede suspensa; liteira (para transporte de pessoas).
Impende - 37 - 201 (do verbo tr. impender = caber, cumprir, tocar) – cabe.
(Elizeth Marcos Corona)

Nenhum comentário:

Postar um comentário